sexta-feira, 24 de julho de 2015

Regência do verbo atender



O verbo "Atender" pode ser:

Intransitivo:
  • Já toquei a campainha, mas ninguém atende.
  • Aquele advogado atende muito bem.
Transitivo Indireto no sentido de levar em consideração o que alguém diz:
  • Atenda ao que lhe digo.
  • “Não atendera aos amigos, fora entregar-se a impostores” (Graciliano Ramos)
Nos demais sentidos, há controvérsias, havendo quem diga que é facultativo o uso da preposição após o verbo "Atender". Entretanto, prefira seguir a regra a seguir ao redigir seus textos:

Atender alguém - Transitivo Direto (sem preposição):
  • Por que o senhor não atendeu o repórter?
  • A professora atendeu os alunos um por um.
Atender alguma coisa - Transitivo Indireto (preposição a)
  • O novo produto atende às exigências do mercado.
  • atendemos aos apelos dos usuários.
Obs.: Atender não aceita, como complemento, o pronome lhe(s), exigindo o(s) e a(s).
  • O chefe o atenderá mais cedo.
  • Nossa secretária já recebeu os pedidos e os atenderá amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Língua Portuguesa: Correção de Frases

Estudando a Lingua Portuguesa

Aulas de Português Grátis