sexta-feira, 24 de julho de 2015

Regência do verbo visar



Visar (= dar o visto)
Visar (= pretender) a,

Bechara, Evanildo, Moderna Gramática Portuguesa, 37ª edição revisada, ampliada e atualizada, conforme o novo Acordo Ortográfico.

Regras ensinadas nas escolas

1. Verbo transitivo direto (sem preposição)

>> dar visto

O funcionário já visou (deu visto) todos os cheques.

>> mirar, olhar

O arqueiro visou (mirar) o alvo e atirou.
O professor visava (olhava) o aluno.
                                      
2. Verbo transitivo indireto (com a preposição a)

>> desejar, almejar, pretender, ter em vista

Muitos visavam (almejava) ao cargo.
Ele visa (tinha em vista) ao poder.

Notas:

a) Quando é transitivo indireto, não admite o pronome lhe(s) devendo ser substituído por a ele(s), a ela(s). Assim, não se diz viso-lhe, mas sim, viso a ele(s).

b) Quando é seguido por um infinitivo, a preposição a é geralmente omitida.

Ele visava atingir o posto de comando.

Leitura complementar

 

1) Quanto à regência verbal, na lição de Artur de Almeida Torres, é transitivo direto nas acepções de pôr o sinal de visto em; apontar arma de fogo.

>> Visar um passaporte. (Caldas Aulete).
>> Visa sempre o mesmo alvo. (Mário Barreto).

2) Complementa tal gramático com a lição de que, no sentido de ter em vista um fim, dirigir os seus esforços para, tender, constrói-se como transitivo indireto, com a preposição a".

>> Os conspiradores presos visavam provavelmente a estabelecer a internacional socialista" (Camilo Castelo Branco).

3) Ultima o referido gramático, com propriedade, que se observa, no Brasil, uma tendência a se usar do verbo visar sem preposição, mesmo como transitivo indireto, quando seguido de infinitivo.

>> Esta doutrina é simplesmente didática e visa facilitar a aprendizagem dos verbos fortes" (Otelo Reis).

4) Cândido Jucá Filho lembra que, modernamente, tem sido esquecido o uso da preposição com esse verbo, trazendo ele exemplos de autores insuspeitos para corroborar seu ensino.

>> Se visaram este alvo.. (Mário Barreto).
>> Medidas que a minha administração visava... (Rui Barbosa).

5) De Arnaldo Niskier vem a seguinte advertência para os dias atuais:

"O verbo visar, no sentido de ter por objetivo, rege, historicamente, a preposição a; entretanto, no português moderno, seu uso como transitivo direto já está mais do que difundido, sendo encontrado em bons autores, independentemente da palavra que o segue. Assim, devemos considerar as duas regências corretas, apesar do espernear daqueles que veem a língua como um cadáver conservado em formol".

6) Para esse seu emprego mais problemático, também assim leciona Domingos Paschoal Cegalla:

"Na acepção de ter em vista, ter como objetivo, pretender, constrói-se geralmente com objeto indireto (preposição a); em tal acepção, todavia, admite-se a regência direta".

7) Em nota bastante apropriada para tal significado, observa Francisco Fernandes:

"Neste caso o verbo visar regeu sempre complemento indireto, introduzido pela preposição a; modernamente, porém, é comum dar-se-lhe objeto direto, qualquer que seja sua acepção".

8) Não é outro o posicionamento de Celso Pedro Luft, para quem,

"Nesta acepção, a regência primária é transitivo indireto, correspondendo à construção visar a; todavia, por causa da semântica buscar, procurar, pretender, passou a aceitar também a transitividade direta, dispensando a preposição, o que se deu, de início, principalmente com o infinitivo".

O ataque visava cortar a retaguarda da linha de frente" (Euclides da Cunha).

9) Nesse sentido de ter por fim ou objetivo, nos textos de lei, tal verbo, de um modo geral, aparece com sua construção clássica com objeto indireto com a preposição a (visar a alguma coisa), mas também há casos de sintaxe com objeto direto (que pode aparecer como sujeito da voz passiva), correspondendo à construção visar algo.

"A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios dispensarão às microempresas e às empresas de pequeno porte, assim definidas em lei, tratamento jurídico diferenciado, visando a incentivá-las pela simplificação de suas obrigações administrativas..." (CF/88, art. 179).

"Subordinando-se a eficácia do ato à condição suspensiva, enquanto esta se não verificar, não se terá adquirido o direito, a que ele visa" (CC/1916, art. 118).

"Quando a lei dispõe sobre as condições de validade substancial ou formal de quaisquer fatos ou sobre os seus efeitos, entende-se, em caso de dúvida, que só visa os fatos novos..." (CC português, art. 12º, 2).

"As penas aumentam-se de um terço, se ocorre qualquer das hipóteses previstas no § 1º, nº 1, do artigo anterior, ou é visada ou atingida qualquer das coisas enumeradas no nº II do mesmo parágrafo" (CP, art. 251, § 2º).

10) Tradicionalmente, o verbo visar, no sentido de objetivar, almejar, era transitivo indireto, ou seja, exigia preposição. Modernamente, porém, com base em autores insuspeitos, pode-se afirmar, com segurança, que esse verbo, no mencionado sentido, pode ser tanto transitivo indireto (usado com a preposição a) como transitivo direto (usado sem preposição). Desse modo, estão corretos ambos os seguintes modos de expressão:

"... visando orientar decisões...";
"... visando a orientar decisões...".

Exemplos de uso

Serão aprovadas dez propostas, que devem visar o estímulo ao lançamento de mais filmes brasileiros no exterior e apoiar os distribuidores que já trabalham com estes filmes a obterem melhores resultados. Folha de São Paulo, 09/07/2009

O governo diz visar o fim de monopólios e ampliar a democracia, garantindo a exploração de meios de comunicação de massa a setores sem interesse comercial, como igrejas, universidades, ONGs e sindicatos. Folha de São Paulo, 13/09/2009

As negociações pela compra de 36 aviões de caça ao Brasil devem visar a autonomia de transferência de tecnologia no processo da escolha da empresa fornecedora das aeronaves, segundo o coronel José Roberto, coordenador da Esac (Escola Superior de Aviação Civil). Folha de São Paulo, 14/09/2009

Um comentário:

  1. Esclarecimentos fundamentais por meio de exemplificações bem referenciadas. Elucidaram, inclusive, minha grande dificuldade em seguir a regência tradicional.

    ResponderExcluir

Língua Portuguesa: Correção de Frases

Estudando a Lingua Portuguesa

Aulas de Português Grátis